Wikia

LOSTpédia

John Locke

Discussão6
3 421 pages em
Este wiki
Para outros resultados de "John", vá à página "John (desambiguamento)";
Johnathan Locke

Interpretado(a) por [[{{{Actor}}}]]

Interpretado(a) por Terry O'Quinn
e [[{{{AltCasting}}}]] na 5 anos

Interpretado(a) por Terry O'Quinn,
[[{{{AltCasting2}}}]] na {{{ITAO2}}}
e [[{{{AltCasting3}}}]] na 16 anos

Interpretado(a) por Terry O'Quinn
e [[{{{AltCastingKA}}}]] aos 5 anos

Interpretado(a) por Terry O'Quinn,
Charles Henry Wyson aos 5 anos
e Caleb Steinmeyer aos 16 anos

Lockeseason6

Veja Mais Imagens de Locke

Primeira aparição
Última aparição

Última aparição diferencial
{{{Lastdif}}}
Nome
Johnathan Locke
Status
Morto
Data de Nascimento
30 de Maio de 1956
Data da Morte
Dezembro de 2007
Origem
Tustin, Califórnia, EUA
Profissões
Supervisor regional, empresa de caixas
Dono, Welcome Home
Ajudante, departamento de loja
Família
Emily Annabeth Locke - Mãe
Anthony Cooper - Pai
Sra. Locke - Avó materna
Florence - Mãe adotiva
Melissa - Irmã adotiva
Jeannie - Irmã adotiva
Na Austrália...
Foi participar de uma 'Walkabout' pelas selvas da Austrália
Indo para Los Angeles...
Voltando para os EUA após ter sido impedido de participar da 'Walkabout'
Em LA...
para tentar fazer todos voltarem para a Ilha
Indo para Guam...
ser levado para a Ilha

Dublado(a) por Mauro Ramos

[[:Category:{{{Images}}}|Imagens]]


Johnathan "John" Locke é um dos sobreviventes da parte intermediária do voo 815. John foi criado por pais adotivos, e só encontrou seus pais biológicos após os 40 anos. Seu pai, Anthony Cooper, lhe aplicou um golpe e o empurrou do oitavo andar, deixando-o paralítico. Tentando provar para si mesmo que a paralisia não era um obstáculo, ele foi para a Austrália numa jornada de auto-descobrimento. Sua paralisia cessou imediatamente após cair na ilha, o que o levou a acreditar que ele tem alguma conexão especial com a ilha. Nos primeiros dias ele foi um mistério com os sobreviventes. Mobilizou caça para conseguir comida e se mostrou muito útil quando foi necessário lutar contra Os Outros. Ficou obcecado em Apertar o Botão, mas logo perdeu a fé na Ilha.

O incidente de 2004 no Cisne o fez perceber como era importante. Ajudou Kate a resgatar Jack quando ele foi sequestrado pelos Outros. Porém, ao ver a oportunidade de ter mais respostas, se juntou aos antigos inimigos. Locke conseguiu ouvir uma voz pedindo ajuda, na suposta cabana de Jacob, por isso Ben atirou nele e jogou-o na Vala. Ele foi salvo pela Ilha e numa visão, Walt disse parar ele que deveria impedir o Cargueiro de vir à Ilha.

Locke matou Naomi e liderou o grupo dos que o apoiavam para a vila dos Outros, onde eles se tornaram os primeiros habitantes da Ilha a serem atacados pelos mercenários do cargueiro. Depois de suas falhas, Locke com Christian, que lhe informou a maneira de salvar a Ilha: movendo-a. Ben porém, se prontificou a mover a Ilha, para que Locke ficasse como líder dos Outros.

Após a Ilha ser movida por Ben, a roda saiu de seu eixo e Locke enfrentou vários desafios em diferentes viagens temporais, até perceber que para parar os "pulos temporais" ele deveria mover a Ilha de novo. Ele girou a Roda Congelada e saiu da Ilha sob o pseudônimo de Jeremy Bentham. Locke fez contato com cada alguns membros do Oceanic Six em uma tentativa de trazê-los de volta à Ilha. Um tempo depois, Locke iria se matar, mas foi impedido por Ben Linus, que apenas queria extrair dele a informação de como voltar à Ilha, e logo em seguida, mata-lo. O corpo de Locke estava à bordo do Voo 316 que pousou na Ilha acidentalmente. O Inimigo tomou a forma de Locke e o corpo de John foi encontrado por Ilana e Bram.

Antes da Ilha (1956-2004)Editar

Infância e Adolescência (1956-1972)Editar

Lilocke

Locke quando criança

John Locke nasceu de Emily Annabeth Locke e Anthony Cooper, em 30 de maio 1956. Sua mãe tinha 15 anos quando deu à luz a John Locke e após o seu nascimento. Sua avó imediatamente o "colocou" para a adoção. ("Cabin Fever")

Locke nasceu muito prematuro e meses antes do previsto, e sobreviveu apesar de inúmeras doenças; as enfermeiras do hospital referia a ele como um milagre. Richard Alpert esteve presente no hospital nos primeiros dias de vida de Locke. ("Cabin Fever")

Locke foi colocado em uma casa sob cuidados de sua "mãe adotiva" chamada Florence. Locke tinha duas irmãs adotiva, Melissa e Jeannie, e um irmão adotivo que Locke brincava com ele o famoso armadilha do rato. Aos 5 anos, Locke recebeu a visita de Richard, que contou a ele que era diretor de uma "escola" para crianças muito especiais e ele acreditava que Locke era uma delas. Ele pediu a Locke para lhe mostrar algo especial, mas fez uma pausa ao perceber que Locke tinha feito um desenho de um "homem" sendo atacado por círculos pretos. Então, Richard mostra a Locke uma série de objetos e perguntou a ele qual dos objetos o pertencia. Após pensar, Locke pegou uma faca, que Richard se irritou e disse que não era o item certo. Ele vai embora com pressa, dizendo que Locke ainda não estava apto a entrar na escola. ("Cabin Fever")

TeenageLocke

Locke fala com Gellert sobre a oportunidade na Mittelos.

Mais tarde em sua vida, sua irmã adotiva Jeannie, morreu jovem, por ter o pescoço quebrado quando caiu ao brincar nas "barras de macaco". Sua mãe se culpou, por não ter observado e cuidado dela. Após sua morte, um cão da raça Golden Retriever apareceu e começou a morar no quarto de Jeannie. A mãe adotiva de Locke acreditou que o cachorro tinha o espírito de Jeannie, que retornara para dizer que o acidente não foi sua culpa. O cachorro desapareceu rapidamente após a morte da mãe adotiva de Locke, há 5 anos. Nunca mais foi visto. ("Outlaws")

Quando Locke tinha 16 anos, ele recebeu uma oferta do Mittelos Laboratories para vir ao "acampamento de verão", mas Locke recusou, pois seu amor pela ciência havia feito dele objeto de críticas e gozação. Seu professor, Gellert, mencionou ter falado com um Dr. Alpert sobre a oportunidade, mas Locke disse que era mais interessado em esportes e atividades recreativas, ao que Gellert disse que Locke não podia fazer essas coisas. Locke respondeu com "Não me diga o que eu não posso fazer." ("Cabin Fever")

Pais de Locke (Anos 90)Editar

Ep119 08 360x240

Locke caçando com seu pai.

John foi procurado por uma misteriosa mulher que depois revelou ser sua mãe, Emily. Na primeira conversa dos dois, Emily disse que ele foi imaculadamente concebido, o que preparou seu caminho para o seu “destino” especial. Entretanto, o incrédulo John contratou um detetive particular para segui-la, que descobriu que seu pai estava vivo e que sua mãe tinha um histórico de doença mental. ("Deus Ex Machina")

A partir dessa informação, John visitou o pai, Anthony, que parecia encantado em receber o filho em sua casa. Anthony convidou o impaciente John para uma caçada, onde eles aparentemente começaram um vínculo. Um dia, John chegou à casa de seu pai e o encontrou fazendo hemodiálise. Anthony então revelou que tinha um rim doente e que precisava muito de um transplante, antes de pedir a John para que não deixasse essa notícia estragar os bons momentos que estavam vivendo juntos. Compadecido, John ofereceu a ele o seu próprio rim e antes da cirurgia, acreditou que seu encontro com o pai tinha sido um mero acaso. ("Deus Ex Machina")

Lockehelenfuneral

Locke e Helen no "funeral" de Anthony.

Entretanto, quando Locke acordou em seu quarto, Cooper não estava a seu lado e a enfermeira acabou revelando que Cooper tinha deixado o hospital e abandonado Locke. Traumatizado, ele visitou a mãe que confessou que seu primeiro encontro e tudo que aconteceu depois havia sido forjado por seu pai, num golpe para comovê-lo e pegar seu rim saudável. Também disse que tinha recebido um bom dinheiro para fazer isso. Fora de si, Locke foi até a casa de seu pai, mas foi barrado no portão. Ignorando os avisos do guarda, Locke ficou do lado de fora, esperando por uma resposta sobre a traição dele. ("Deus Ex Machina")

Algum tempo depois, Locke decidiu entrar num grupo de apoio onde começou a achar que os problemas dos outros eram triviais perto dos seus. Entretanto, no fim da sessão, ele foi abordado por uma mulher do grupo Helen, que pareceu entender seu problema.
Lockehelen

Locke pedindo Helen em casamento.

Eles começaram uma relação que ajudou John a distrair-se um pouco dos problemas com o pai, exceto do hábito de vigiar sua casa. Mas ele foi forçado a deixar essa mania quando Helen, então sua namorada, o surpreendeu e mandou que ele escolhesse entre ela e seu pai. ("Orientation")

Depois de um tempo juntos, Locke decidiu pedi-la em casamento. Ele tinha tudo pronto, mas seu pai voltou à cena. Ele se fingiu de morto depois de ter dado um golpe milionário em alguns criminosos e colocou o dinheiro em uma conta num banco, mas precisava de ajuda para retirá-lo de lá. Em recompensa pela ajuda de Locke, Anthony daria ao filho a quantia de U$200,000. Locke ajudou mas não se sabe se ele aceitou a recompensa ou não. Helen descobriu o envolvimento do namorado com o dinheiro do pai e recusou a proposta de casamento dele, o deixando de joelhos no estacionamento do hotel onde seu pai havia se hospedado. ("Lockdown")

Lockecomunidade

Locke quando levou Eddie para a comunidade.

Algum tempo depois, John vivia com o que parecia ser um grupo de fazendeiros alternativos, que secretamente viviam como uma família, cultivando e vendendo maconha. Durante esse tempo, ele conheceu Eddie, que estava pedindo carona. John o ajudou e o convidou para fazer parte de sua “família”. Depois, descobriu-se que Eddie era na verdade um policial, então, para salvar sua “família”, John pretendia pegar Eddie durante uma caçada. Locke tinha Eddie na mira da arma, mas o policial disse que ele não faria aquilo, e Locke realmente não fez, deixando-o ir. Não se sabe o que aconteceu com a fazenda depois que Eddie conseguiu fugir de Locke. ("Further Instructions")

Paralisia e Walkabout (2000-2004)Editar

Tendo sido golpeado por seu pai, abandonado pela mulher que amava, e perdendo a coisa mais perto de uma família de verdade que ele jamais teve, Locke entrou em um estado de depressão e começou a ver um terapeuta e receber seguro por sua deficiência. Um dia ele é abordado por Peter Talbot, filho da Sra. Talbot que vai se casar com Cooper. Locke, sabendo que Cooper planejava dar um golpe na família, lhe ordena a desistir do golpe, ameaçando-o lhe expor a verdade. Cooper inicialmente concorda; no entanto, Locke mais tarde fica sabendo que Peter tinha sido morto.
3x13 TMFT locke falls

Locke caindo do prédio depois de ser empurrado por seu pai.

Confrontando Cooper, seu pai clama não ter nada a ver com o assassinato. Cooper ainda diz que a Sra. Talbot teria cancelado o casamento. Quando Locke lhe pergunta se ele poderia ligar para verificar a informação, Cooper lhe aponta o telefone, situado na frente de uma janela de vidro a 8 andares do prédio. Quando Locke pega o telefone, Cooper o agride e o joga pra fora da janela, fazendo Locke cair os 8 andares e quebrar sua coluna, paralisando-o da cintura pra baixo. ("The Man from Tallahassee")

Logo após a queda, Locke está desacordado (ou morto). Jacob, que estava sentado em um banco em frente ao prédio lendo um livro, aproxima-se e toca em Locke, que acorda (ou ressucita), e Jacob diz que vai ficar tudo bem. ("The Incident")

Um dia, enquanto Locke estava na reabilitação, um "enviado" chamado Matthew Abaddon disse a ele para ir em uma walkabout, mesmo Locke não podendo andar, dizendo que, uma vez que ele fosse a uma walkabout, ele iria sendo algo e voltaria sendo outra coisa. Locke recusa, mas Abaddon diz que um dia eles irão se encontrar novamente e Locke "deverá uma a ele". ("Cabin Fever")

Um tempo depois, Locke tentou restabelecer suas relações se envolvendo com uma garota de tele-sexo (ou algo parecido), que tinha o nome de Helen. Ele a convidou para viajar com ele para o Walkaboult para qual tinha comprado duas passagens, mas ela recusou dizendo que ele era apenas um cliente e que aquilo não estava certo e a “relação” terminou. Não se sabe se Locke tinha tido outra parceiras desde Helen. No comentário do "Walkabout", os produtores do show disseram que a eletroestimulação que era aplicada a suas pernas enquanto falava com "Helen" era uma grande parte do porque ele era capaz de andar novamente, juntamente com os misteriosos poderes da Ilha. ("Walkabout")

John Locke teve vários tipos de trabalho durante sua vida, antes de cair na Ilha. Em alguma parte não especificada de sua vida, ele trabalhou com gerente assistente em uma espécie de loja de departamentos; ele pode ser visto ensinando um garotinho a jogar Armadilha de Rato, um jogo que ele mesmo jogava quando era pequeno.

Walkabout558

Locke em sua cadeira de rodas.

Enquanto namorava Helen, Locke tinha uma companhia de inspeção de casas, que se chamava Welcome Home. Uma das clientes foi Nadia, que conhecia Sayid do Iraque. ("Lockdown") Sua ocupação antes do acidente era de supervisor de uma Companhia de Caixas em Tustin, Califórnia. É possível que a companhia tivesse sido adquirida por Hurley antes de sua viagem para a Austrália. Ele gostava de jogar Eixos e Aliados com um colega usando jargões militares. Seu chefe, Randy, parecia xingá-lo por causa disso, dizendo a ele que aquilo não era militarismo de verdade. ("Walkabout")

Locke se negou veementemente a aceitar que sua deficiência modificasse o modo como vivia a vida. Ele fez planos de ir à Austrália para participar do walkabout tour para dar a si mesmo um desafio. Entretanto, quando ele chegou foi impedido de ir por causa de sua cadeira de rodas. Por causa disso e gritou nervoso:, "Não me diga o que eu não posso fazer!", frase que virou característica do personagem. ("Walkabout")

Sem alternativa, ele preparou sua volta aos EUA, embarcando no Voo 815. Ele teve que ser carregado pelos comissários de bordo e se envergonhou muito disso. Sentou-se no fim do corredor, na poltrona 24D. Ele encontrou Rose brevemente no aeroporto, sem saber que eles dois seriam beneficiados momentos depois pelas Propriedades de Cura da Ilha.

Na Ilha (2004)Editar

Dias 01-44 (1ª Temporada)Editar

Walkabout009

Locke sentindo os pés após a queda.

Após a queda do Voo 815, Locke estava em choque ao descobrir que havia recuperado sua habilidade de andar. No primeiro momento, ele andou desconfiado, inapto a compreender o que estava acontecendo. Entretanto, com segundos, ele estava correndo em ajuda a Jack.("Pilot, Parte 1") Estar apto a andar afetou profundamente Locke, dando suporte ao seu sentimento de "Homem de Fé", acreditando que era seu destino estar na Ilha, e que tudo acontecia por uma razão.

Locke foi também o primeiro Lostie a testemunhar o Monstro; ele estava caçando javalis com Michael e Kate, quando pareceu que o Monstro se aproximou dele. Entretanto não vemos isso; tudo que temos como evidência foi o que Locke disse a Jack: "Eu olhei dentro dos olhos da Ilha, e o que eu vi...foi lindo." Ele descreve o monstro como uma luz brilhante a Eko em "The Cost of Living" (que somente replica que "não foi isso que eu vi"). Como um resultado deste incidente, ele veio a pensar que a Ilha era uma entidade que teria elaborado um plano para todos.("Walkabout") Esta forma de enxergar o Monstro parece similar ao que vemos entre Juliet e o Monstro em "Left Behind").

Walkabout390

Locke encarando o monstro.

Logo depois desse incidente, Locke foi responsável por deixar Sayid inconsciente e destruir seu equipamento de rádio feito com o objetivo de descobrir a origem do sinal contínuo. Locke manteve isso em segredo por um longo tempo até admití-lo a Sayid. ("The Moth") Locke recebeu um grande respeito dos sobreviventes por ajudá-los sem razão aparente e em decorrência de algumas habilidades que demonstrou, como:

  • Rastreamento, que permitiu aos sobreviventes se movimentarem na área e procurando pessoas perdidas.
  • Caça, o que preveniu uma crise de alimento; Locke encontrou vestígios de javali que felizmente puderam alimentar o acampamento.
  • Perseverança, ao ajudar Charlie na luta contra o vício da heroína, o que criou fortes laços entre os dois.
  • Compaixão, ao ajudar Michael a se reconciliar com seu filho e ao construir um berço para Aaron.

Durante uma caçada aos recentemente abduzidos Claire e Charlie, ele lança uma lanterna na direção de Boone, que falha em pegá-la e que revela uma estrutura metálica no chão com o barulho, permitindo a descoberta da Escotilha, um evento que seria crucial na jornada dos sobreviventes. Ele a manteve em segredo dos sobreviventes, e pediu que Boone fizesse o mesmo. Entretanto, Boone não era tão forte quanto Locke; e se preparava para contar a Shannon, quando Locke o capturou, drogou, procurando convencê-lo a se desatrelar desses vícios antigos e não fazê-lo.("All The Best Cowboys Have Daddy Issues")  ("Hearts and Minds")

Lockebon

Locke carregando Boone.

Mas Locke ainda ansiava por adentrar na Escotilha, ele descortinava todos os modos possíveis de abrí-la, acabando por construir uma catapulta, uma tentativa falha. Seguindo este evento, Locke tem uma visão, mostrando um pequeno avião caído, sua mãe apontando para ele, um Boone coberto por sangue. Além disso, ele foi confinado à sua cadeira de rodas, inapto a andar. A visão também mencionou uma mulher no passado de Boone que morreu em decorrência de uma queda.("Deus Ex Machina")

O sonho era uma visão, entretanto, pois com Boone, ele procurou trazer o avião ao chão, como uma forma de analisar a cabine do piloto. Logo, suas pernas aparentemente começara a regredir em sua função, fazendo com que Locke engatinhasse. Isto significou que Boone precisaria escalar o paredão de modo a analisar o avião. Porém, o avião se precipitou e caiu, a ponta primeiro, ferindo Boone mortalmente. Locke retornou ao acampamento carregando o corpo ferido de Boone, ainda que sem revelar a verdadeira causa de seus machucados, voltando logo à escotilha. Por não conhecer o verdadeiro problema, Jack não pôde salvar Boone, que morreu.("Deus Ex Machina")  ("Do No Harm")

Lockeha

Locke vendo a luz vinda da escotilha.

Na Escotilha, Locke clamava ter feito o que a Ilha queria, mas que precisava saber o que fazer agora. Ele implorou, entrou em cólera, batendo na porta com suas mãos. Logo em seguida, um flash de luz assomou vindo de dentro, e tão logo desapareceu. Isto pareceu reafirmar a fé de Locke. ("Deus Ex Machina")

Locke retornou ao acampamento para o funeral de Boone, ainda vestindo uma camisa repleta do sangue do falecido. Ele foi confrontado violentamente por Jack, que exigia alguma explicação. Ele se acalmou em seguida, e então pôde contar tudo sobre a Escotilha. Mas a morte de Boone fez com que Locke perdesse muito com a confiança atribuída a ele pelo resto dos sobreviventes; e Jack nunca confiou totalmente nele depois disso.

Quando a primeira balsa foi queimada, Locke deu um discurso firme porém desonesto, atribuíndo o ocorrido à ação dos outros; ainda que soubesse que o autor fora Walt. Walt, em seguida, o confessou do que tinha feito. Mas Locke não contou a ninguém sobre a verdadeira autoria da destruição da primeira balsa. Quando Jack, Kate, Hurley e Rousseau seguiram ao Black Rock procurando dinamite a fim de explodirem a porta da escotilha, Locke fazia parte do time. Durante esta caminha, Locke foi agarrado pelo Monstro e impelido em direção a um buraco no chão; só sendo salvo pela atitude de Kate ao jogar uma dinamite no buraco, repelindo assim o Monstro. Durante este evente, Locke pede a Jack que o deixe ir, e que nada o aconteceria.("Exodus: Parte 1")  ("Exodus: Parte 2")

Quando eles finalmente conseguiram adentrar na Escotilha, armados com dinamite, Locke foi o primeiro a descer pela estrutura, evitando os protestos de Hurley. A porta da Escotilha é aberta, e a Primeira Temporada acaba com Jack e Locke descendo pela escada da estrutura.


Dias 44-67 (2ª Temporada)Editar

08LockeNumbers

John Locke: O primeiro sobrevivente do vôo 815 a digitar os números.

Após entrar na escotilha recém aberta (e descobrir que se tratava da estação O Cisne do Projeto DHARMA), Locke foi brevemente capturado por Desmond (que uma vez viu Jack correndo em Los Angeles), o operador da Estação.

Quando Desmond foge, Locke continua seu trabalho de digitar Os Números e Apertar o Botão, que ele acreditava ser extremamente importante. Locke acreditava que a função de apertar o botão era tão crucial que ele elaborou um turno entre os sobreviventes, para que tudo pudesse ser feito eficientemente.("Man of Science, Man of Faith")  ("Adrift")  ("Orientation")

Em seguida na série Locke descobre que Charlie estava guardando estátuas cheias de heroína, encontradas no bimotor, ficando extremamente chateado com o que considerou como quebra de confiança.

2Lockeandheroin

Locke descobrindo as estátuas de heroína de Charlie.

Logo depois, ele espancou Charlie severamente por ter sequestrado Aaron (que o fez por estar instigado por sonhos.) Após isso, se tornou próximo de Claire, de uma forma paterna (incutindo em Charlie um grande ciúme). ("Abandoned")  ("Fire + Water") Após 49 dias seguidos à queda do avião, Locke estava passando por Paulo quando viu que ele tentava enterrar algo (os diamantes), dizendo que "coisas aqui nunca ficam enterradas", e dando o conselho de enterrar o que quer que fosse mais dentro da Ilha ou mesmo acima na praia, devido à erosão da areia na pria. Locke então segue andando. ("One of Them") Graças a manipulações sutís de "Henry Gale", um membro dos Outros que os sobreviventes capturaram, John acabou tendo atritos com Jack pela 'liderança' do grupo e o papel de tomador-de-decisões.

Iniciamente, acreditou que Henry Gale não era um dos Outros; e então pediu ajuda de Gale quando sua perna foi esmagada pela Porta de Segurança durante um Lockdown inesperado na escotilha. Em troca da ajuda, prometeu proteger Gale dos outros sobreviventes. Enquanto estava sendo esmagado pela porta, descobriu um mapa da ilha secreto, desenhado em uma das portas de isolamento. ("One of Them")  ("Lockdown") Seguido da revelação da farsa de Gale, Locke passou a duvidar de sua fé quando Gale afirmou nunca ter apertado o botão e que nada havia ocorrido, ainda que sua credulidade sobre a Ilha tenha se fortalecido um pouco com a revelação de Rose que deixou claro que também estava ciente das propriedades curativas da Ilha. ("S.O.S.")

02LockeEkoeYemi

Locke e Eko seguem Yemi.

Em "?", Eko teve um sonho em que Ana-Lucia e seu irmão Yemi o disseram para ajudar Locke a seguir até o sinal de interrogação (O ?). Eko pede a Locke que o ajude a encontrar Henry, que havia escapado. Mais tarde na selva, Eko disse a Locke que na verdade eles estavam atrás do sinal de interrogaração. Locke se recusou a contar a Eko de que se tratava aquele sinal, então Eko o desmaia com um golpe de sua machadinha. Quando Locke acorda, ele mostra a Eko seu rascunho do mapa da porta de segurança, e Eko decide então que eles deveriam achar a interrogação como mostrado no mapa. Logo, eles chegam ao avião bimotor no qual Boone havia morrido. Locke zombou de suas idéias anteriores, implicando que ainda se culpava pela morte de Boone. ("?")

Locke tem um sonho envolvendo Yemi e Eko, escalando o paredão próximo. Ele conta isso a Eko, que logo alcança o topo da formação rochosa e lá de cima ele avista um sinal de interrogação impresso no chão logo abaixo. Percebendo que o sinal etá indicando que o avião está no lugar onde algo está escondido; os dois homens se esquivam abaixo do avião e descobrem outra escotilha. ("?")

24LockeBrother

O nosso brother dizendo a Locke que os números são reais e que ele derrubou seu avião.

A nova escotilha era outra da DHARMA, A Pérola, que continha um filme que sugere que o ato de Apertar o Botão não era nada além de um experimento psicológico. Esta informação complementada pela falsa afirmação de Henry Gale de que não teria apertado o botão e isto não surtiu nenhum efeito, abalou a fé de Locke na Ilha, enquando Eko em decorrência de seus sonhos passou a pensar de uma forma completamente diferente - acreditado que Apertar o Botão era essencial. ("?")

Em "Three Minutes" Locke presenciou Charlie jogando as estátuas da Virgem Maria repletas de heroína remanescentes no mar.

Locke finalmente pôde retirar sua 'tala' que suportava suas pernas, percebendo que havia se curado da lesão com o esmagamento da porta de segurança na Estação Cisne. Locke se determinou a provar que Apertar o Botão não tinha sentido. Para isso, montou uma sociedade com Desmond, que havia retornado. Desmond provocou um Lockdown, que trancou Eko fora da Escotilha, com o intúito de esperar o final da contagem, assumindo que nada iria acontecer. Enquanto aguardavam o final da contagem, Desmond lê os registros retiradas da escotilha Pérola e percebeu que todo o evento era legítimo, e que a queda do avião pode ter acontecido como conseqüência da falha no sistema que ele gerou, tempos atrás. Alarmado, tentou Apertar o Botão, Locke quebrou o computador em protesto.

Quando a contagem dos 108 minutos terminou e a energia eletromagnética começou a se sobrecarregar, Locke disse apenas 3 palavras - "Eu estava errado" - para Eko, que havia conseguido entrar na sala. ("Live Together, Die Alone")

Dias 67-91 (3ª Temporada)Editar

Charlieekolocke

Charlie e Locke levando Eko de volta ao acampamento.

John Locke acordou na selva impossibilitado de falar. Ele fez o caminho de volta para a praia e, com a ajuda de Charlie construiu uma “tenda do suor” no lugar da igreja de Eko. Ele teve uma visão onde Boone o levava pelo aeroporto onde ele pôde ver muitas das pessoas que estavam na Ilha, continuamente dizendo a John que ele deveria "limpar sua própria bagunça." John logo entendeu que o que Boone estava tentando dizer era que ele deveria salvar Eko, uma vez que sua opinião contrária à dele tinha causado a implosão da escotilha Cisne. Depois de sua visão, Locke pôde falar e estava convencido de que Eko tinha sido pego por um urso polar em algum lugar. Juntos, ele e Charlie encontraram e resgataram Eko. Depois Hurley contou sobre o que tinha acontecido a Jack, Kate e Sawyer, Locke fez um discurso dizendo que iria resgatá-los. ("Further Instructions")

Locke, Sayid, Desmond, Nikki e Paulo então foram atrás de Eko na estação Pérola, para ver se lá haveria alguma oportunidade de ver outras estações através dos monitores, e assim localizar Jack, Sawyer e Kate. Eles pegaram um sinal em um dos monitores e viram um homem com tapa-olhos, vestindo um macacão da DHARMA (depois foi revelado que o nome dele era Mikhail Bakunin), em uma sala com um computador e equipamentos elétricos. O homem percebeu que estava sendo observado e desligou a câmera, bem antes de John dizer: "Eu acho que ele estava nos esperando". ("The Cost of Living")

Lockepc

Locke no computador da Chama.

Locke, Desmond, Sayid, Nikki, e Paulo encontraram Eko morto onde o “monstro” o havia deixado. Locke decidiu enterrá-lo ali mesmo. Quando Nikki perguntou porque, Locke explicou que já haviam muitos mortos no cemitério e os sobreviventes não precisavam de mais um. Locke também disse que acreditava que o "Mostro" tinha matado Eko por uma razão, que ele queria descobrir qual era. Locke achou o cajado de Eko na selva para marcar o lugar onde ele seria enterrado. Quando o grupo enterrou o nigeriano, Locke olhou para o cajado de Eko e notou algo escrito nele: "Eleve seus olhos e olhe para o norte. João 3, 5." Locke tomou essa mensagem para si mesmo e se determinou a ir para o norte a 305 graus. Sayid, Kate e Rousseau o acompanharam nessa jornada. ("I Do")

A bússola levou o grupo a descobrir a estação Chama, onde eles encontraram o Outro Mikhail. Locke rapidamente se interessou por um joguinho de xadrez que havia no computador da estação. Ele jogou várias vezes, mesmo depois de Mikhail dizer que ele nunca conseguiu vencer porque o computador roubava. Locke venceu e destravou uma seqüência de comandos. Ele digitou "77" no computador, que seria o comando a ser digitado no caso de uma incursão dos hostis. Quando o grupo deixou o local levando Mikhail, uma explosão aconteceu, levando a estação Chama pelos ares. ("Enter 77")

Depois, continuou a jornada com Sayid, Kate, Danielle e o prisioneiro Mikhail, seguindo o mapa que o iraquiano encontrou na Chama. Quando eles encontraram a cerca sônica, Locke decidiu testar o que aconteceria empurrando Mikhail por entre as torres. Mikhail agradeceu a Locke antes de morrer ao ser atingido pelas ondas sônicas. A surpreendente e apavorosa morte de Mikhail criou tensões entre Locke e os outros membros da expedição, particularmente Sayid, que planejava poupar a vida de Mikhail. ("Par Avion")

Na Vila dos Outros, Locke foi logo procurar por Ben deixando Kate e Sayid sozinhos na missão de resgatar Jack. Ele falou com o líder dos Outros pela primeira vez desde sua última conversa na estação Cisne e a primeira pergunta foi sobre o submarino sobre o qual Mikhail tinha falado, mas foi interrompido por Alex. A garota acabou ficando refém de John dentro do armário enquanto Richard Alpert entrou e disse que tinham capturado Kate e Sayid. Depois que Richard saiu, Locke mandou que Alex fosse pegar a mochila de Sayid. Ben começou a falar sobre a paralisia de Locke e perguntou a ele se “tinha doído”. John respondeu que sentiu sua coluna se quebrar. Depois de saber que Locke tinha estado na escotilha Chama, Ben entendeu que ele tinha trazido C-4 consigo e colocado na mochila, portanto sua idéia era de explodir o submarino para que ninguém pudesse sair da Ilha. Ben confessou a Locke que mantinha os Outros iludidos, fazendo com que eles acreditassem que poderiam sair da Ilha quando quisessem.
Talahassee-cap670

Locke dentro do submarino, antes de explodi-lo.

Pediu para que John imaginasse uma "Caixa Mágica," que poderia fazer todos os seus desejos se tornarem realidade. Locke sarcasticamente disse a Ben que esperava que ela fosse grande o suficiente para que o líder dos Outros pudesse imaginar um submarino novo, mas Ben continuava tentando convencê-lo a não realizar seu plano.

Mas John foi em frente e colocou os explosivos dentro do submarino. Jack e Juliet chegaram com algun dos Outros para zarpar para fora da ilha e se surpreenderam ao verem John, que logo foi rendido e disse a Jack que sentia muito. Na sequência, o submarino voa pelos ares. Capturado, John foi colocado em uma sala escura, algemado pelos braços. Depois, Ben foi até ele e mandou que Richard o libertasse. O líder dos Outros disse a Locke que quando o perguntou se “tinha doído”, não estava se referindo à dor física, mas àquela que sentiu ao saber que seu próprio pai havia tentado matá-lo. Ben então perguntou a Locke se ele estava pronto para ver o que havia dentro da caixa e abriu a porta. Dentro estava Anthony Cooper,o pai de Locke, amordaçado e amarrado a uma cadeira de rodas. ("The Man from Tallahassee")

Thebrig03

Ben provocando Locke para que ele mate seu pai, na frente de todos os Outros.

Assustado ao ver seu pai, Locke perguntou de onde ele tinha saído e Ben insistia em dizer que o careca tinha sido o responsável pela presença do pai. Não satisfeito com essa resposta, Locke resolveu ouvir a verdade de Cooper e ao tirar sua mordaça, levou uma mordida. O careca deixou o local com o Ben e foi convidado por ele a seguir com os Outros para um “antigo lugar”. ("The Brig")

Locke, ainda na vila dos Outros se despede de Kate que estava presa, Locke diz que está partindo com eles e que defendeu Kate perante aos Outros, mais que eles disseram tudo o que ela fez e que eles não perdoam as pessoas tão facilmente, Locke sai e pouco depois os Outros deixam a vila sem deixarem rastros levando apenas Locke junto. ("Left Behind")

Em um acampamento, os Outros começam a se ajeitarem e Locke ajuda Cindy a armar sua barraca. A ex-aeromoça disse que seu povo estava muito animado com a presença dele mas logo foi interrompida por Tom que pediu que o careca fosse encontrar Ben. O líder dos Outros estava em sua cadeira de rodas ouvindo a gravação feita por Juliet na Estação Médica e contou ao careca que a médica estava infiltrada no acampamento dos sobreviventes para encontrar mulheres grávidas que seriam raptadas em breve, mas sem violência. Ben pediu que Locke pegasse uma bengala e com a ajuda dela, pôde se levantar, dizendo que seu processo de cura se acelerou quando começou a passar algum tempo a mais com o careca e que estava ansioso para lhe mostrar os poderes da Ilha mas que John ainda não estava pronto. Locke retrucou dizendo que já estava pronto, mas Ben disse que não estava porque pra se tornar membro, deveria fazer um gesto de comprometimento que seria matar seu pai. Ben levou John até um local no centro do acampamento onde Cooper estava amarrado e amordaçado, lhe deu uma faca e disse que precisava fazer aquilo para se libertar do homenzinho medíocre que sempre tinha sido antes de chegar a ilha. Cooper esbravejava que o filho não teria coragem pois era um pobre paralítico e Locke mandava que ele se calasse, dizendo a Ben que não poderia fazer tal gesto. Os Outros começaram a se aproximar e Ben disse a eles que Locke não era quem eles pensavam ser e depois usou a bengala para "nocautear" Anthony.

Thebrig05

Locke levando "seu pai nas costas" depois de Sawyer o matá-lo.

No dia seguinte Locke se sentou sobre uma colina com vista para o acampamento e tirou as bandagens de sua mão, percebendo que o ferimento estava totalmente curado. Richard Alpert se aproximou e disse que Ben tinha tentado envergonhá-lo pois não suportava a idéia de perder sua importância para outra pessoa. Também explicou que Locke precisava cumprir seu propósito e que para isso tinha que matar Cooper. Entregou-lhe então um arquivo sobre a vida de Sawyer. Locke não entendeu para que aquilo serviria, mas foi advertido a continuar lendo os documentos. Na manhã seguinte, Locke acordou e percebeu que os Outros estavam desmontando o acampamento. Ele procurou Ben que disse que ele não poderia acompanhá-los pois primeiro teria que limpar sua bagunça. Prometeu deixar um rastro para que os seguisse, mas advertiu que não queria vê-lo sem o corpo sem vida do pai. À noite, Locke examinou os documentos na luz da fogueira e mandou alguém calar a boca. Mais tarde, surpreendeu Sawyer no acampamento dos sobreviventes e disse que precisava dele para matar Ben. O golpista não acreditou muito, mas seguiu descalço o careca pela floresta. Em certo ponto, ele foi dominado por Sawyer que exigiu saber o verdadeiro motivo pelo qual precisava de sua ajuda e Locke voltou a afirmar que precisava dele para matar Ben, pois não tinha coragem para fazer sozinho.

A viagem continuou e os dois chegaram ao Navio Black Rock. Lá, Locke fez com que Sawyer entrasse numa sala e o trancou lá. O golpista pedia aos berros que o careca abrisse a porta, mas Locke se sentou na frente da porta e calmamente esculpia uma lança de madeira.
Ep320 25 240x360

Alex dando uma arma a Locke logo antes de desejar feliz aniversário a seu pai.

Rousseau apareceu e Locke perguntou o que ela queria. A francesa respondeu que tinha ido buscar dinamite e o careca apontou o engradado como se quisesse que ela fosse logo embora. Sawyer continuava gritando até que se ouviu uma discussão e depois, silêncio. Ao ouvir a calmaria, Locke deduziu que Sawyer tinha cumprido o propósito, abriu a porta e agradeceu ao golpista. Fora do navio, Locke explicou a Sawyer que Cooper merecia morrer pois tinha arruinado a vida de ambos. Sawyer perguntou se o careca voltaria a se infiltrar no grupo dos Outros e Locke responde que nunca esteve infiltrado, mas que agora estaria em sua própria jornada. John contou a verdade sobre Juliet, avisou que as grávidas seriam raptadas e entregou o gravador de Ben para que Sawyer pudesse provar para todos na praia. Antes de ir, Sawyer perguntou se Locke tinha sido mesmo jogado pela janela e se era aleijado. Com o corpo do pai nas costas, Locke respondeu que já não era mais. ("The Brig")

Ben estava em sua cabana quando de repente deu falta de seu gravador. Ele começou a chamar por Tom e ao sair de sua tenda, percebeu que ele olhava fixamente para um ponto. Era Locke que chegava ao novo acampamento dos Outros com o cadáver do pai nas costas. O Careca jogou o corpo no chão e disse a Ben que já poderia saber sobre os mistérios da Ilha, pois tinha cumprido sua ordem. Os dois foram conversar na tenda do líder dos Outros que disse que Locke não poderia ver Jacob pois o misterioso homem só falava com Ben, que havia nascido na Ilha. Locke não acreditou e se revoltou, dizendo que o pai de Alex estava mentido e que enganava todo o seu povo. “Você é o homem atrás da cortina”. Mikhail chegou ao acampamento e, depois de explicar o porque de não ter morrido na Cerca de Segurança, contou a Ben sobre Naomi. Locke apareceu e disse que o líder dos Outros não poderia cuidar daquele assunto naquele momento pois o levaria para ver Jacob. Bakunin se irritou e disse que aquele assunto não podia esperar, fazendo Ben concordar com ele. Então, Locke partiu par cima do soviético e o agrediu na frente de todos.

Man-promo05

Locke, jogado em uma cova cheia de esqueletos, depois de levar um tiro de Ben.

Depois, Ben concordou em levá-lo até a casa do misterioso Jacob. Eles caminharam até tarde da noite e chegaram a uma casa muito velha que parecia mais estar abandonada. Ben disse para Locke desligar sua lanterna, pois Jacob tinha uma certa aversão à tecnologia. Os dois entraram no chalé que tinha poucos móveis e estava bastante escuro. De repente, Ben começou a falar com uma cadeira vazia como se estivesse falando com uma pessoa e a apresentou, seja lá o que estava sentado nela, como sendo o tal Jacob. Locke se irritou , chamou Ben de louco e já ia saindo da casa, quando uma voz disse “me ajude”. Ele se voltou e perguntou a Ben o que ele tinha dito, mas o líder dos Outros disse que não tinha dito nada. Sem acreditar, Locke apontou a lanterna para ele e de repente as poucas coisas da casa começaram a se movimentar sozinhas, vidros quebraram e objetos tentaram atingir John. Ben tentou impedir mas também foi arremessado longe por um vulto. Amedrontado, Locke fugiu da casa e momentos depois, Ben saiu também, dizendo que “aquilo” tinha sido Jacob.

No caminho de volta, Ben insistia em saber o que Jacob tinha dito a Locke, mas o careca continuava afirmando que não tinha ouvido nada e ainda disse que Ben era um mentiroso e que não existia segredo nenhum. Ele também percebeu que aquele não era o caminho por onde tinham vindo.

Lockealmostdead

Locke vendo Walt.

O líder concordou que havia mentido muito para o seu povo e revelou que não tinha nascido na Ilha. Pediu então para levar Locke até o lugar de onde tinha vindo. Ele o levou até uma vala comunitária onde estavam vários corpos dos membros da Iniciativa Dharma que tinham sido assassinados pelos Hostis na purgação. Locke perguntou o porque de Ben tê-lo levado até aquele lugar e o líder dos Outros explicou que aqueles que estavam naquela cova tinham ido até àquela Ilha em busca de harmonia, mas que nem ao menos conseguiam conviver com os nativos do lugar e que quando percebeu que um lado teria que sair de cena, ele não quis ser mais um corpo naquela vala. Quando Locke se virou, Ben atira nele, Locke cai dentro da cova, Ben então volta a perguntar o que Jacob havia lhe dito. O Careca diz: "me ajude" , mas Ben não entendeu o conceito dessa frase e ameaçou atirar novamente. Então Locke contou que Jacob tinha lhe pedido ajuda. Ben então disse que esperava que Jacob o ajudasse e se afastou, deixando Locke sozinho e ferido dentro daquela cova, cheia das pessoas de cujas mortes tinha participado no passado. ("The Man Behind the Curtain")
Lockearmed

Locke ameaçando matar Jack, depois de ter matado Naomi.

Locke acordou na Vala onde estavam os mortos da Dharma na Purgação e percebeu que não podia mais mexer suas pernas. Desesperado, ele viu que havia uma arma com um dos corpos e se esforçou para pegá-la. Ele apontou-a para sua cabeça e, chorando, já ia apertar o gatilho, quando presenciou a aparição de Walt, que disse a ele para se levantar, pois tinha trabalho a fazer. Os outros sobreviventes estavam na Torre de Rádio e viam Naomi tentar encontrar um sinal com seu Telefone via Satélite. Assim que ela conseguiu, caiu morta, com uma facada nas costas, dada por John Locke. Jack mal pode acreditar e ameaçou pegar o telefone, mas Jonh o tinha na mira de sua arma e estava disposto a atirar nele se continuasse tentando localizar um sinal. Jack não deu ouvidos e continuou a usar o aparelho depois de dizer a Locke que ele já o tinha feito ficar tempo demais naquela Ilha. Ben, que estava amarrado numa árvore próxima, instigava Jonh atirar em Jack, mas foi calado por Rousseau que lhe deu uma cotovelada. Locke acabou desistindo e abaixou a arma, se afastando do local enquanto Jack pedia à pessoa do outro lado da linha que localizasse o seu sinal e enviasse resgate. ("Through the Looking Glass")

Dias 91-100 (4ª Temporada)Editar

4x01cap-0725

Locke fazendo seu discurso.

Hurley descobre a Casa de Jacob e começa a gritar por socorro. Por causa da concentração que ele faz, a cabine desaparece, e Locke aparece no lugar. Hurley e Locke discutem a morte de Charlie e toda a situação do momento. Locke argumenta que se eles permitirem a Jack contatar as pessoas no barco, então Charlie terá morrido por nada.

Quando Locke e Hurley chegam à cabine do piloto onde os outros sobreviventes estão reunidos, Sayid pergunta a Locke sobre as reais intenções dele, principalmente sobre o fato dele ter explodido o submarino. Quando o grupo da Torre de Rádio chega ao cockpit, Jack avança em Locke, derrubando-o no chão, ele puxa uma arma e aponta para a cabeça de Locke. Locke assegura a Jack que ele não vai matá-lo, assim como ele não matou Jack ("Through the Looking Glass"). Jack puxa o gatilho no momento de raiva e descobre que está sem munição. Jack começa a bater em Locke e é retirado de cima dele pelo resto dos sobreviventes.

Locke informa a todos os sobreviventes que aqueles que estão vindo para a Ilha são os caras maus e que se eles quiserem continuar vivos devem segui-lo. A intenção dele é ir para a Vila, pois os Outros a abandonoram. Ele disse que a vila é o lugar mais seguro da Ilha. Jack argumenta, dizendo que Locke é insano e somente pessoas loucas iriam com ele. Apesar da maioria ser leal a Jack, alguns vão com Locke: Hurley, Claire, Ben, Danielle, Karl, Alex, Sawyer, e alguns outros. Locke e o grupo dele deixam o cockpit em direção a Vila. ("The Beginning of the End")

No dia seguinte, Locke está aproveitando a chuva quando Hurley chega e diz que ela está piorando. Locke fala que logo irá parar e a chuva realmente para. Eles continuam andando mas para o lado contrário e Sawyer pergunta porque. O careca responde que eles precisam fazer uma parada antes, em uma cabana e Hurley, sem pensar, responde: "A cabana é para aquele lado". Locke se surpreende e pergunta sobre o que ele está falando e o gordinho despista.
Lockesawyer4x02

Locke e Sawyer conversando sobre Ben.

Sawyer então, pergunta daonde Locke está tendo essas vontades, e se a pessoa que lhe está dizendo para fazer essas coisas, também mandou-lhe matar Naomi. Locke, naturalmente, responde que foi Walt, na frente de todos. Quando eles se assustam, Locke explica que o garoto estava mais alto, e conta que Ben atirou nele para deixá-lo morrer e que Walt o salvou. Locke ergue sua camisa e mostra que a bala atravessou seu corpo, pois ele não tem mais um dos rins.

Mais tarde, Ben e Sawyer tem uma discussão e Sawyer pergunta porque não matam o Ben agora mesmo. Locke responde que ele pode fazer isso se quiser, agora mesmo, na frente da filha dele. Logo depois, Locke e companhia encontram Charlotte no rio e a ajudam a sair. Charlotte parece bastante empolgada com tudo e faz várias perguntas. Quando Hurley vai dizer a ela quantos sobreviventes ainda estão vivos, Locke o faz calar. O careca pergunta a ruiva quantos do time dela vieram para a ilha, o que ela responde quatro, contando ela. Locke diz que eles continuarão a andar mas Charlotte diz que eles precisam ficar parados para que sejam encontrados. Locke diz então que eles não querem ser encontrados.

Alguém, provavelmente Locke, coloca o transponder de Charlotte amarrado a Vincent e o manda correr pela floresta até achar Jack e companhia, para que eles não consigam achar Charlotte. A ruiva perde a paciência com Locke e diz que não precisa da permissão dele para ir atrás de seu pessoal e é aí que Ben lhe dá três tiros e Charlotte cai. Locke se debruça sobre ela e descobre que Charlotte estava vestindo um colete a prova de balas e está viva. Sawyer assume a raiva e está quase matando Ben, ao que Locke diz que ele quer fazer isso, ele mesmo quer matar Ben. Ele manda Rousseau e Karl levarem Alex para longe dali. Ben então, revela tudo sobre a vida de Charlotte e de seus amigos, dizendo que eles estão ali por causa deles, e que ele sabe disso tudo, porque tem um informante no cargueiro, ao que Locke fica perplexo. ("Confirmed Dead")

Lockefood

Locke levando comida a Ben.

Locke e seu grupo encontram o círculo de cinzas, mas são incapazes de localizar a cabana de Jacob. Ele então discute com Hurley quando Hurley pergunta se eles iriam deixar Charlotte ir embora, ameaçando-o e afirmando que ele é o líder. Eles então se dirigem à vila, onde o grupo de Locke amarrou Hurley e o colocou no guarda-roupa de Juliet. Ele então captura Sayid quando este sai da sala secreta de Ben, e coloca ele na sala de jogos, com Ben. Mais tarde ele vai até a sala de jogos para falar com Sayid, e troca Charlotte, com a qual ele falhou em interrogar, por Miles. ("The Economist")

Ele leva o café-da-manhã a Ben, mas Ben o ofende tanto que Locke larga a bandeja do café-da-manhã, quebrando-se na parede. Kate chega na casa de Locke mais tarde, para pedir para ver Miles. Locke não permite, dizendo que ele não estava fazendo democracia lá. Depois, Sawyer vai até sua casa, convidando-o para jogar gamão. Sawyer então diz a Locke que Kate está planejando soltar Ben. Ele correm para ver se Ben está com Miles, mas descobrem que Miles fugiu. Eles interceptam Kate e Miles no porão, e Locke diz para Kate retornar para o quarto dela. Ele então expulsa ela do grupo, dizendo para ela sair pela manhã. ("Eggtown")

Locke, mais tarde, revela para Claire que não fez progresso na tentativa de fazer Miles falar, e Claire pergunta se ela pode conversar com ele, o que é negado por Locke, como era de se esperar. Locke, então, leva a Ben outra refeição e é insultado mais uma vez. Entretanto, Locke se mantém calmo dessa vez e Ben propõe um acordo, ele diz a Locke tudo que sabe sobre o Cargueiro em troca da liberdade. Locke concorda após Ben pedir por uma evidência visual, e Ben vai mostrar a ele que o proprietário do barco é Charles Widmore, Ben também diz quem é o "homem dele no barco". Locke aparentemente mantém a palavra no acordo, pois Ben é visto andando para casa dele em liberdade. ("The Other Woman")

Lockephone

Locke atendendo o telefone.

Locke faz um reunião na casa dele para informar a todos tudo que ele sabe sobre Ben e os tripulantes do Kahana. Locke faz Miles confessar que o grupo dele está na Ilha à procura de Ben, e Ben revela que Michael é o espião dele no cargueiro. Após essa reunião, Sawyer confronta Locke e quer saber porque Miles pediu $3.2 milhões de Ben. Locke responde que não considera isso como um assunto importante, aparentemente acredita que Ben não tem acesso a tão grande quantia de dinheiro. ("Meet Kevin Johnson")

Enquanto estava jogando WAR com Sawyer e Hurley, o telefone toca e Locke atende. A voz do outro lado repetia "código 14 J" várias vezes. Após decidir o que fazer, Locke e Sawyer vão até Ben e dizem o que aconteceu. Ben pega uma arma gritando "Eles estão aqui!". Locke segue Ben de volta a casa dele e lá Ben diz que se Locke quiser continuar vivo, Ben é a melhor chance que ele tem, além disso Ben precisa que Locke sobreviva ao ataque. Já dentro da casa, os dois bloqueiam a porta. Quando Hurley quebra a janela, Locke ajuda Claire e Sawyer a entrar.

Quando Ben leva todos para fora para ver o ataque do Monstro, Locke grita para ele "O que você fez!". Quando a fumaça espairece, Ben diz a Locke que deve dizer adeus a filha e que depois os alcançaria. Quando Ben os alcança, ele diz ao pessoal que todos devem ir a casa de Jacob, porém Sawyer diz que está cheio disso e decide voltar para a praia. Locke argumenta que eles vão ficar com Hurley e Sawyer concorda, contudo diz que se Hurley se ferir ele irá matar Locke. Locke, Ben e Hurley partem para ver Jacob novamente. ("The Shape of Things to Come")

Lockejacobcabin

Locke na cabana de Jacob sem perceber Claire atrás.

Após caminhar durante todo o dia, John decidiu montar acampamento. A noite ele teve um sonho estranho, no qual Horace Goodspeed pediu que John o encontrasse, comentando que Jacob está esperando por ele há muito tempo. Após isso Locke pegou o caminho para a cova coletiva, onde ele encontrou o cadáver de Goodspeed. No bolso dele, John encontrou um mapa para a cabana, a qual ele foi imediatamente com Ben e Hurley. Ambos recusaram entrar na cabana, e Ben disse a John que seu tempo como líder havia acabado e o tempo de Locke começado. Dentro da cabana Locke encontrou Christian Shephard, e para sua maior surpresa, Claire, que pareceu agir muito estranha. Christian, falando em nome de Jacob, disse a Locke que todas as perguntas menores que ele tinha ultimamente não importavam diante da pergunta que realmente importava. Locke perguntou "Como eu salvo a Ilha?" e a reação de ambos Christian e Claire foi clara de que ele fez a pergunta certa. E a resposta parece ser que Jacob quis que Locke e seu grupo movessem a Ilha. ("Cabin Fever")

Locke, Ben e Hurley então caminharam pela selva até a estação Orquídea, o único lugar, segundo Ben, onde eles poderiam mover a ilha. Quando Ben encontrou uma caixa escondida em uma pilha de pedras, Locke insistiu em abri-la. Locke usou o binóculo que encontrou na caixa enquanto Ben se comunicava com alguém com um espelho.
TNPLH77

Locke tentando manter Keamy vivo.

Locke perguntou a Ben com quem ele estava falando. Ben se recusou a dizer a Locke, e eles continuaram. Os três, então, chegaram à Orquídea, onde eles descobriram que o grupo de Keamy havia chegado primeiro. Ben deu a Locke instrução detalhadas sobre o que fazer dentro da estação (o que envolvia encontrar um elevador secreto para a verdadeira estação), deu-lhe seu bastão telescópico e se rendeu enquanto Locke e Hurley observavam impotentes. ("There's No Place Like Home: Parte 1") Uma hora após Ben se render, Locke tentou seguir as instruções de Ben, mas não conseguiu entrar na estação devido ao seu conhecimento botânico limitado. Jack então apareceu, confrontando Locke. Locke assegurou Jack que ele moveria a ilha, o que Jack disse que não aconteceria, já que mover a ilha seria um milagre e milagres nunca acontecem. Ben então apareceu e acompanhou Locke no elevador que levava à Orquídea. Ao chegar, Locke tinha muitas questões, que Ben respondeu instruindo Locke a assistir a um vídeo, o vídeo de orientação da Orquídea. Enquanto Locke assistia ao vídeo, Ben começou a atirar todos os objetos metálicos em um "cofre", apesar do fato de que Edgar Halliwax instruir especificamente os espectadores da fita para não deixar objetos metálicos em seu interior. Pouco depois Keamy chegou na estação, ferido mas não morto pelos tiros de Richard. Locke o confrontou, procurando uma solução pacífica para o conflito.
LockeLeader

Locke como líder dos Outros.

Entretanto, Keamy não queria ouví-lo, dizendo a Locke sobre o detonador que ele tinha atado a seu braço, que acionaria uma explosão de C-4 no Kahana. Ben então atacou Keamy, sob os protestos de Locke, esfaqueando-o na garganta repetidamente. Apesar das tentativas de Locke para salvá-lo, Keamy morreu, acionando os explosivos no cargueiro. Ben voltou ao cofre, causando uma explosão em seu interior. Ben então vestiu uma parka, instruindo Locke a não o seguir, porque aqueles que movem a ilha nunca podem voltar. Ele instruiu Locke a voltar para o acampamento dos Outros e que ele era o líder deles agora. Locke fez isso e foi recebido por Richard. ("There's No Place Like Home: Parte 2")

Diversas Épocas (5ª Temporada)Editar

X01 - Beech

Locke testemunhando a queda do bimotor.

Os resultados de "mover a Ilha" teve efeitos imediatos por todos os sobreviventes que foram deixados para trás. Depois de um flash, Locke percebe que Richard e os Outros haviam sumido, e que havia começado a chover.

Locke testemunha o Avião Nigeriano caindo na Ilha, indicando que a Ilha havia se movido para o passado. Locke chega ao lugar em que ele caiu, o mesmo em que ele o havia encontrado anteriormente, e tenta subir para encontrar sobreviventes, mas é interrompido por um tiro em uma de suas pernas. Logo então, cai no chão. O atirador é revelado como sendo Ethan Rom, que não o conhecia no momento. Locke tenta explicar para Ethan que sabe quem ele é, e que Benjamin havia concedido a Locke os poderes de liderar os Outros, mas Ethan não acredita nas palavras de John e se prepara para atirar. De repente, uma luz cobre todos causando uma troca temporal novamente. Agora estava de noite, e o avião nigeriano já estava no chão e queimado, assim como Eko o deixou, indicando que haviam ido ao futuro.

Ethanmiraemlocke

Ethan mira em Locke.

Locke se encontra com Richard Alpert, que remove a bala da perna de John e lhe dá uma bússola para que ele de a Richard no passado, para fazê-lo acreditar em suas palavras. Ele também diz a Locke que o único jeito de salvar a Ilha é fazer com que aqueles que a deixaram voltassem. Logo em seguida, Alpert diz que Locke deve morrer para isso acontecer, e então a Ilha se move mais uma vez. ("Because You Left")

Mais tarde, Locke encontra Sawyer e Juliet que estavam sendo torturados por Jones e seus homens. Locke os ataca, fazendo dois deles desmaiarem e um morrer sendo esfaqueado. ("The Lie")

Na manhã seguinte, os 3 tentam pegar informações dos dois homens. Após Juliet perceber que eles são Outros, um dos homens, Cunningham, aceita levá-los até seu acampamento.

Johnlockegun

Locke não consegue atirar em Widmore.

De repente, "Jones" quebra o pescoço de Cunningham e escapa. Enquanto ele fugia, Locke poderia muito bem atirado e matado "Jones", mas Locke não faz isso, porque Jones, é do povo dele. Os 3 seguem "Jones" até seu acampamento. Lá, Locke conversa com Richard Alpert, e diz que Jacob mandou ele lá. Quando "Jones" briga com Alpert, este o manda se calar, usando seu nome real, Widmore. Locke pergunta se o primeiro nome dele é Charles, este confirma, mas não explica como ele o conhece, e ainda diz que é um prazer conhecê-lo. Rapidamente, Locke diz a Richard mais ou menos o que aconteceu e pede que ele lhe explique como sair da Ilha. Richard não lhe dá a informação e pergunta por que ele deveria. Locke diz que ele é seu líder.

Richard diz que o processo de escolha de líderes começa quando se é bem jovem. Locke manda ele visitá-lo em seu nascimento, em dois anos no futuro. Ele pergunta a Alpert como sair da Ilha, para trazer os Seis da Oceanic de volta, mas ele não consegue a resposta, porque ele é interrompido por outro movimento da Ilha. ("Jughead")

Encontro

Locke conversando com Richard em 1954.

Locke apresenta um plano de ir até a estação Orquídea para Sawyer, onde eles poderão ser salvos, e revela que os 6 da Oceanic estavam vivos. Então os dois, Charlotte, Daniel e Miles vão juntos pela floresta na direção da estação. No meio do caminho, eles veem uma grande luz que toma o céu, e Locke acha melhor ir para o acampamento, pois sabia que o seu "eu" do passado estava ali por perto e que não queria encontrar-se com ele. Mais uma vez, o trajeto é interrompido, dessa vez por gritos. Sawyer vai ver o que era, e quando questionado por Locke sobre o que tinha acontecido, Sawyer responde que não importava, pois já havia acontecido.

Quando chegam ao Acampamento, Locke vê que ele havia sido parcialmente destruído e que toda a comida havia sido comida. Eles acham duas canos, e então decidem ir até a Orquídea com ela para encurtar o caminho. No meio do mar, são surpreendidos por pessoas desconhecidas que começaram a atirar neles da outra canoa que haviam achado. A ilha move-se novamente, e eles se encontram no meio de um temporal. Vão até a costa, onde acham objetos do barco de Rousseau que havia naufragado, apesar de não saberem que eram dela. ("The Little Prince")

Lockeluz504

Locke observa a luz da escotilha.

No caminho para a Orquídea, Locke e os sobreviventes vão de encontro a Jin, o qual só estava fugindo da mira de um rifle de Rousseau antes de um outro flash acontecer. Eles se reúnem e tentam explicar a Jin o que está acontecendo e que eles estão indo à Orquídea para parar os flashes. Jin quer ir com Locke, mas ele explica a Jin que esse é um trabalho para um homem só e que promete trazer Sun de volta. Conforme vão se aproximando da Orquídea os flashes se tornam mais frequentes; o que finalmente começa a afetar Charlotte. Ela está incapacitada, então Locke decide que eles deveriam a deixar lá, continuar até a Orquídea, e voltar a pegá-la quando ele parar os flashes. Daniel se recusa a deixá-la, então Locke, Miles, Juliet, Jin, e Sawyer continuam em direção à estação. No entanto antes de eles partirem, Juliet pergunta o que irão fazer se a Orquídea se ela ainda não estiver lá. Charlotte então diz a Locke para ele procurar pela roda.

Quando eles finalmente chegam a Orquídea, a estação está lá, mas ocorre outro flash, e a estação some. Locke então começa a procurar pela roda, e finalmente encontra um caminho estreito que leva aonde estaria a estação, um poço. Locke decide descer pela corda que vai até o fundo do poço e dá adeus aos seus amigos, mas Jin ameaça cortar a corda, no que Locke diz a ele que se ele não sair todos irão morrer. Jin então pede a Locke para não trazer Sun e sua filha de volta, e que a Ilha é má (Charlotte disse a Jin seus devaneios para não trazer "ela" de volta). Locke diz que pode não ir de encontro a Sun, mas ela pode vir de encontro a ele. Jin diz para Locke mentir para Sun, contar a ela que eles acharam o corpo de Jin na praia e o enterraram. Jin dá a Locke a sua aliança de casamento para servir de prova do que dizer, e faz Locke prometer que não irá trazê-las de volta. Locke promete. Quando Locke começa a descer, Juliet agradece a ele se tudo funcionar. Outro flash acontece, e Sawyer tenta trazê-lo de volta, mas Locke cai no fundo do poço.

Lockeroda

Locke movendo a ilha.

Quando ele atinge o fundo fratura sua perna, se machucando seriamente. No túnel a sua frente, se pode ver a sombra de alguém, que caminha em sua direção, para e acende uma lamparina. Essa pessoa é Christian Shephard, que diz a Locke que ele está ali para ajudá-lo pelo resto do caminho. Christian começa a explicar a Locke que era para ele girar a roda, e não Ben. Locke disse que Ben lhe falou que ele deveria liderar as pessoas de seu grupo, e que ele mesmo iria mover a ilha. Christian pergunta a Locke, desde quando que ouvir as ordens de Ben é uma boa ideia, o que lhe faz ficar calado. Christian informa a Locke que há uma roda no fim do caminho, que vai além de onde ele pode chegar, e que Locke só precisa empurrar a roda para consertar tudo. Locke conta a Christian que sabe que deve morrer em nome de trazer seu povo de volta, e Christian comfirma, dizendo que é por isso que se chama de sacríficio. Locke entende e pede ajuda para levantar, mas Christian se recusa a ajudar, dizendo que ele mesmo deve se levantar, caminhar até a câmara da roda, e girá-la até que tudo volte ao normal. Antes de ele ser teletransportado da Ilha, Christian pede a ele para mandar lembranças a seu filho. Locke não consegue ouvir a resposta de quem seu filho era e então desaparece. ("This Place is Death")

Fora da IlhaEditar

2007 (5ª Temporada)Editar

5x07 Deja vu

Locke acorda na Tunísia.

Depois de girar a roda congelada, Locke foi teletransportado para a Tunísia, na África em dezembro de 2007. Não podendo se mover por causa de seu ferimento na perna, Locke foi finalmente resgatado à noite por representantes locais de Charles Widmore. Locke foi levado a um hospital onde foi tratado, pelo ferimento, e desmaia. Depois de recuperar a consciência, Locke encontra-se cara a cara com Widmore.

Widmore confidenciou a Locke que ele também tinha "exilado" da Ilha por Ben,foi assim que sabia onde encontrar Locke. Widmore sugere que Locke também tenha sido exilado por Ben, mas Locke o corrige, dizendo que ele saiu voluntariamente , para trazer sesus amigos de volta a Ilha.Locke questiona porque Widmore iria querer Locke e os demais de volta a Ilha. Widmore responde que uma guerra está chegando e se Locke não estiver de volta, o "lado errado" poderia ganhar tal guerra.

Widmore dá a Locke uma grande quantia em dinheiro, um celular com o qual Widmore pode ser contatado discando 23 e finalmente um passaporte Canadense com a identidade 'Jeremy Bentham'. Widmore explica que este era um filósofo do século 19, que combinava com o propósito do nome John Locke. Locke é cético mas aceita a ajuda, e é levado por Abaddon até o aeroporto, onde sua primeira parada será Santo Domingo.

Com os recursos de Widmore, Locke começa a contatar aqueles que já estiveram anteriormente na ilha: Walt, Hurley, Kate, e Sayid. Ele falha na tentativa de convencê-los a voltar à Ilha, exceto Walt, o qual ele não pediu por seu retorno. Ele e Abaddon então foram visitar o túmulo de Helen, depois disso Abaddon foi morto por Ben. Locke, fugindo, bate o carro e acorda no hospital onde Jack trabalha. Jack não acredita em Locke, até que ele menciona Christian.

Jeremy-b067

Locke sendo ajudado por Widmore.

Depois de um mês de falhar em sua missão de convencer os Seis da Oceanic para voltar a Ilha, Locke volta para seu quarto de hotel e arma uma forca para cometer suicídio. Ele escreve um Bilhete de Suicídio para Jack, esperando que possa convencê-lo, e então todos os outros 5 também voltariam para a Ilha. Locke então amarra um cabo de força em seu pescoço. No momento em que ele vai se matar, Ben entra em seu quarto e convence Locke a não se matar, dizendo que Locke não sabia como ele era importante. Ben revela (confirmando o pensamento de Locke) de que ele foi o assassino de Abaddon, e que ele só havia matado Matthew Abaddon para proteger Locke. Ben enfim convence Locke a não se suicidar quando diz que Jack comprou passagens para Sydney. Com as esperanças renovadas, Locke diz a Ben sobre Eloise Hawking e sobre a aliança de Jin. Locke perguntou se Ben conhecia Eloise, e Ben afirmou que sim. Após ouvir o nome dela, Ben estrangula Locke até a morte, com a corda que ele iria usar para se matar. O último pensamento que passou pela mente de Locke foi "Eu não entendo". ("The Life and Death of Jeremy Bentham")  ("LA X, Partes 1 & 2")

5x07 GoodbyeOldFriend

Ben mata John Locke.

Depois da MorteEditar

Fora da Ilha (2007)Editar

Ben prendeu Locke, fazendo fingir que foi suicídio. ("The Life and Death of Jeremy Bentham")

A carta para Jack, ficou em posse de Eloise Hawking, com os dizeres "Eu gostaria que você tivesse acreditado em mim". ("There's No Place Like Home: Parte 2")  ("This Place is Death")  ("316")

Quando Locke teve um funeral, foi sob o nome de Jeremy Bentham, e o único a visitá-lo foi Jack. Na mesma noite, Jack invade a Casa Funerária, para checar se Locke tinha mesmo morrido, e Ben chega na mesma hora. Quando Jack vai sair com Ben do local, Ben diz que se Jack quisesse voltar para a Ilha, Locke deveria ir junto. ("There's No Place Like Home: Parte 2")

5x01 LockeDeadInBed

Locke, morto.

Locke tem seu corpo roubado por Ben e Jack. Ben leva o corpo de Locke para Jill que é açougueira no Açougue do Simon para que ela guarde o corpo em um lugar seguro até a hora de voltar para a ilha. ("The Lie")

Um dia antes de embarcarem no voo 316 da Ajira Airways, Eloise Hawking diz que eles precisam recriar o dia do acidente do voo 815. E o papel de Christian Shephard será feito por Locke. Para isso, ela diz que Jack precisa ter algo de seu pai para dar à Locke. Jack pega os sapatos de seu pai com seu avô para colocar em Locke. Ele vai até o açougue onde está o corpo de Jill o deixa sozinho com Locke. Jack coloca os sapatos de seu pai em Locke e diz que isso parece loucura. Na hora do embarque, o agente de viagens diz a Jack que o corpo terá de passar por um raio-x, mas que isso não é problema algum. ("316")

Na Ilha (2007)Editar

Logo após o pouso do voo 316, um homem desconhecido (popularmente chamado de O Inimigo) assume a identidade de Locke, se passando por ele. Por motivos desconhecidos, O Inimigo também tem acesso às memórias de Locke. ("The Life and Death of Jeremy Bentham")  ("Dead is Dead")  ("Follow the Leader")

6x04 GoodbyeJohnLocke

John é enterrado por Ben, Sun, Ilana e Frank ("The Substitute")

O corpo de Locke, foi encontrado por Ilana e seus amigos, em um caixão. Mais tarde, enquanto procuram Richard Alpert, o grupo leva o morto, até ele, mostrando que o homem que estava com eles, não é Locke. Sob a forma de Locke, O Inimigo convenceu Richard a levá-lo até Jacob. Junto de Ben, ele o matou friamente, ateando fogo nele. ("Dead is Dead")  ("Follow the Leader")  ("The Incident")

Pouco tempo depois, Ben saiu de dentro da Estátua e disse a Richard que Locke queira falar com ele. Richard, muito nervoso, jogou Ben no chão, ao lado do corpo do verdadeiro Locke. ("LA X, Partes 1 & 2")

Segundo Ilana, O Inimigo não pode mais mudar de forma: agora ele está preso na forma de Locke.

No mesmo dia, Ilana, Sun, Frank e Ben enterraram Locke no antigo cemitério dos sobreviventes do voo 815. Ben, durante o funeral admitiu ter assassinado John.

6x04 NoMoreCandidate4Locke

John Locke deixa de ser um candidato ("The Substitute")

Mesmo depois do enterro de John, O Inimigo continuou sob sua forma. O Inimigo guiou Sawyer até a Gruta de Jacob, onde lhe mostrou nome riscados nas paredes: Os Candidatos. O Inimigo explicou para Sawyer que todss as pessoas correspondentes aos nomes ali, tinham sido recrutados por Jacob em algum ponto de sua vida, para que um deles, assumisse seu posto, como protetor da Ilha. Locke, era o candidato número 4. Seu nome na Lista de Jacob, foi riscado pelo Inimigo. ("The Substitute")

Realidade ParalelaEditar

Johnathan Locke

Interpretado(a) por Terry O'Quinn

Interpretado(a) por [[{{{Actor2}}}]]
e [[{{{AltCasting}}}]] na {{{ITAO}}}

Interpretado(a) por [[{{{Actor2}}}]],
[[{{{AltCasting2}}}]] na {{{ITAO2}}}
e [[{{{AltCasting3}}}]] na {{{ITAO3}}}

Interpretado(a) por [[{{{Actor2}}}]]
e [[{{{AltCastingKA}}}]] aos {{{ITAO}}}

Interpretado(a) por [[{{{Actor2}}}]],
[[{{{AltCasting2KA}}}]] aos {{{ITAO}}}
e [[{{{AltCasting3KA}}}]] aos {{{ITAO3}}}

Do you remember

Veja Mais Imagens de Locke

Primeira aparição
Última aparição

Nome
Johnathan Locke
Status
Vivo
Data de Nascimento
30 de Maio de 1956
Data da Morte
{{{DOD}}}
Origem
Tustin, Califórnia, EUA
Profissões
Professor, Escola
Supervisor regional, empresa de caixas
Dono, Welcome Home
Ajudante, departamento de loja
Família
Emily Annabeth Locke - Mãe
Anthony Cooper - Pai
Sra. Locke - Avó materna
Florence - Mãe adotiva
Melissa - Irmã adotiva
Jeannie - Irmã adotiva
Na Austrália...
para uma convenção
Foi participar de uma 'Walkabout' pelas selvas da Austrália
Indo para Los Angeles...
Voltando para os EUA após ter sido impedido de participar da 'Walkabout'

Dublado(a) por [[{{{Dublador}}}]]

[[:Category:{{{Images}}}|Imagens]]

Numa realidade paralela, John Locke nunca foi para a Ilha porque a mesma se encontra submersa em 2004.

Antes do Voo 815Editar

Antes de sua viagem para a Austrália, Locke foi em uma viagem para caçar com seu pai. Uma foto deste encontro foi mostrada em seu cubículo na companhia de caixas onde ele trabalhou. ("The Substitute") Depois de conhecer Helen, ele fez uma viagem com ela à praia. Uma foto dele logo ao lado de Helen durante sua viagem também pode ser vista em seu cubículo. ("The Substitute")

Em 2001, Locke recebeu sua licença de piloto particular, e implorou para que seu pai fosse seu primeiro passageiro. Entretanto, o avião caiu na decolagem, deixando Locke paralisado e seu pai em estado vegetativo. ("The Candidate")

Locke foi enviado para Sydney para participar de uma conferência no nome de sua companhia; contudo, ele perdeu seu primeiro encontro com Ken Fisher, e então não participou de nenhuma conferência. Ao invés disso, ele tentou participar de um walkabout em Melbourne, mas não pôde por causa de sua condição. ("The Substitute")

("LA X, Partes 1 & 2")

Voo 815Editar

Jhonebonne

John conversando com Boone.

No meio da viagem, John lia um informe de segurança do avião, quando Boone Carlyle lhe disse que eles nunca sobreviveriam se o avião caísse. Locke o contradisse, dizendo que com um bom piloto e oceano calmo, os tanques de combustível os manteriam boiando no mar até o resgate chegar. Locke lhe contou o motivo de estar na Austrália, porém mentiu, dizendo que havia ido na "Walkabout", quando na verdade, a companhia não permitiu, por ele ser paralítico. John foi o último a desembarcar do avião. ("LA X, Partes 1 & 2")

2004Editar

Depois de desembarcar do avião, Locke perdeu sua mala com facas. Ele conversou um pouco com Jack, enquanto esperava numa sala. Jack contou para Locke que a Oceanic perdeu o pai dele, e Locke lhe disse que eles apenas perderam o corpo de seu pai. Logo, Jack deu um cartão para Locke, com seu número e disse para ele fazer uma consulta, já que ele é um neurocirurgião, e nada, nem a situação atual de Locke, era irreversível. ("LA X, Partes 1 & 2")

Voltando para casa, Locke tem problemas para descer do carro com a cadeira de rodas, até que sua namorada o ajuda, depois de ele já estar caído no chão. Helen acha o cartão de Jack na roupa de Locke e diz para ele ligar para o Dr. Shephard e marcar uma consulta, enquanto Locke está escolhendo tecidos para cobrir as cadeiras do casamento dele com Helen, que está marcado para dali a um mês (Outubro de 2004). ("The Substitute")

De volta ao trabalho na companhia de caixas, Locke encontra seu chefe Randy Nations, que pergunta para ele como foi a convenção na Austrália. Randy disse que sabe que ele não foi a convenção pois mandou checar as credenciais e Locke não pegou as dele. Locke pede desculpas por mentir, e mantém sua localização em segredo, mas Randy acaba demitindo-o.

Quando John estava saindo da empresa, encontrou Hugo Reyes que havia estacionando o carro próximo ao dele e não tinha como Locke entrar no carro. Hurley, dono da empresa, fica sabendo que Locke foi demitido e diz para ele ir na outra empresa que é dono, uma empresa de empregos temporários, e para dizer que o próprio Hugo Reyes pediu para arrumarem um emprego para ele. Locke então vai a esta companhia de empregos e lá encontra a supervisora Rose Nadler que ao lhe arrumar um emprego, também conta que tem câncer terminal, mas aprendeu a aceitar isso e viver o resto da vida da melhor maneira possível, dizendo para John ter alguma noção dos trabalhos que ele pode executar. ("The Substitute")

6x04 NewFriends

John e Benjamin fazem amizade.

No dia seguinte, Locke liga para o consultório do Jack, mas desiste de marcar uma consulta quando a secretária atende o telefone. Ele conta para Helen que mentiu para o Randy e que foi demitido por causa disso. Conta também que foi para Sydney fazer um walkabout, mas não permitiram que ele fosse. Helen diz a John que acredita em milagres e que não precisa que ele saia da cadeira de rodas para amá-lo e querer casar com ele. Locke então começa seu novo emprego de professor substituto. Quando as aulas acabam, ele se dirige para a sala dos professores com a ajuda de um adolescente. Lá, ele encontra e cumprimenta o professor de História Europeia: Benjamin Linus. ("The Substitute") Mais tarde, quando escuta uma conversa entre Dr. Linus e Arzt, Locke sugere que Linus deveria ser o diretor da escola. Ben pergunta "E quem vai me escutar?", e Locke levanta a mão e diz: "Eu estou escutando". ("Dr. Linus")

Recebendo algum conhecimento da linha de tempo original, Desmond Hume vai atrás de todos os passageiros do voo 815, incluindo Locke. Desmond encontra Locke na escolha e o observa de seu carro. Ben percebe Desmond observando algo e vai até ele, perguntar o que ele procura. Desmond responde que está vendo a escola para seu filho. Depois de terminar a conversa com Ben, Desmond liga o carro e acelera na direção de Locke, o atropelando no estacionamento. O impacto leva Locke a passar por de cima do carro e cair no asfalto. Ben corre até Locke e diz para alguém chamar uma ambulância. ("Everybody Loves Hugo")

Então, Locke foi levado para o Hospital São Sebastião por ambulância, acompanhado por Ben. Enquanto a maca com Locke era guiada para dentro do hospital, Sun, que também é levada numa maca ao seu lado, o reconhece e grita que "é ele" para Jin. Sun aparece aterrorizada com Locke, possivelmente porque na linha de tempo original o Inimigo tomou a forma de Locke, e ela toma conhecimento dessa linha por causa de sua experiência de quase-morte. Logo depois, um pequeno sorriso aparenta aparecer no rosto de Locke, como se ele se lembrasse de Sun e/ou Jin da linha de tempo original. Depois de entrar no hospital, Locke é preparado para a cirurgia. Jack é chamado para a operação, e enquanto ele começa a cirurgia, nota o rosto de Locke no espelho, e diz para uma assistente que ele o conhece. ("The Last Recruit")

A cirurgia foi um sucesso,e Jack também teve de ver a causa da paralisia de Locke.Após a cirurgia,Jack foi visitar John na unidade de cuidados pós-cirúrgicos,onde John,ainda grogue de sua cirurgia,murmurou:"Aperte o botão" e "Eu queria que você tivesse acreditado em mim".Uma vez que Locke despertou,Jack lhe informou que ele acreditava que Locke era um candidato para uma nova cirurgia,com risco mínimo que poderia ajudar a curar sua paralisia.No entanto,Locke se recusou a cirurgia,e Helen chegou,aliviado de que ele estava bem.

200px-6X14ICanHelpYou

Jack says that he wishes John had believed him.(The Candidate)

Como ele estava saindo do hospital,John passou perto de Jin e foi então aborado por Jack,que queria dizer adeus.Jack explicou que ele havia visitado o pai em um estado vegetativo.Ele disse a Jack que ele tinha vindo a aceitar a sua paralisia,como castigo por causar sua condição de pai.Jack novamente tentou convencer Locke a fazer a cirurgia,mas Locke riu levemente e disse adeus.Jack o chamou,dizendo:"Eu queria que você tivesse acreditado em mim".Locke fez uma breve pausa antes de sair,como se ele reconheceu o que Jack tinha acabado de dizer.("O Candidato")

CuriosidadesEditar

  • Locke foi o quarto personagem a ter um flashback.
  • Até o episódio "The Incident" o número de episódios de Locke é 85.
  • O assento de Locke no avião era 24D.
  • Como uma similaridade interessante, Locke é visto olhando para dentro da escotilha no final da 1ª temporada. Mais tarde, a escotilha é destruída. No episódio "The Man from Tallahassee", ele é visto olhando para baixo, dentro do submarino de uma maneira parecida. O submarino também explode mais tarde. Ambos estes atos foram causados por Locke. Uma outra vez Locke é visto do mesmo ângulo, olhando para baixo, quando Desmond vai para a parte de baixo de estação O Cisne para apertar o botão, isto também é uma forma de destruição. De uma forma oposta, Juliet quando sai do submarino, olha de uma maneira diferente se comparada com Locke, isto pode ter a ver com as diferentes visões que os dois possuem, sobre o espiritismo/conexões com a ilha, etc.
  • Locke viu a exibição de arte de Jeff Hadley em Sydney no livro "Sinais de Vida".
  • O nome do ator que fez o líder do Sleestal na terceira temporada de "1970s TV Show" Land of the Lost era Jon Locke.
  • As ações de Locke até agora destruíram duas estações da DHARMA, a Chama e o Cisne.
  • Locke gosta de Twinkies. ("Exodus: Parte 2")
  • Enquanto trabalhava como um inspetor ele conhece Nadia, o amor perdido de Sayid, enquanto inspeciona sua casa. Na porta do carro de Locke pode se ver o telefone da companhia: 714-555-0116 ("Lockdown")
  • No "The Man from Tallahassee", Locke diz, "Até onde vocês sabem, eu fui um comandante da Marinha." O ator Terry O'Quinn fez um papel recorrente como um comandante da força aérea num porta-aviões da marinha norte-americana no seriado de TV JAG. Seu personagem era o Almirante Thomas Boone.
  • A cicatriz embaixo do olho direito de Locke é muito similar à cicatriz do personagem "Cable" dos X-Men. E também é parecida com a cicatriz do personagem da Disney: "Scar" e com a cicatriz de 'Sub-zero' em "UMK3".
  • Locke foi o terceiro personagem a ter 3 flashbacks em uma temporada. Jack e Kate foram os dois primeiros.
  • A aparição de Walt quando Locke esta na cova dos trabalhadores da DHARMA, lhe diz que ele "tem trabalho a fazer". É parecido com uma cena do filme "The Shining" de Stephen King, na qual o personagem de Jack Nicholson está no banheiro do salão de bailes do Hotel Overlook e lhe é dito que tem trabalho a fazer. ("Through the Looking Glass")
  • Na série Harsh Realm, de 1999 de Chris Carpenter, uma série sobre humanos que ficam presos em um simulador de realidade virtual, Terry O'Quinn interpreta o vilão Omar Santiago. O protagonista da série, cuja missão é destruir Santiago se chama Thomas Hobbes.

RelatórioEditar

Um documento de Locke mostrado no episódio "Further Instructions" mostra:

  • Que o nome completo de John é Johnathan, uma forma de Jonathan, que é na verdade um nome completamente não relacionado com o nome John, e sim com Nathan. John, em sua origem hebraica é Yohonatan, enquanto o nome Johnathan em hebreu é Yahonatan. John singnifica "O Senhor é Grande" e Johnathan significa "O Senhor Dá; Presente de Deus".
  • A licença das armas de John declaram que sua data de nascimento é 15 de Novembro de 1946 e sua carteira de motorista diz que é 30 de Março de 1956. Considerando que sua mãe nasceu dia 15 de Outubro de 1940, assume-se que a data de 1956 é correta, (ela teria 15 ou 16 anos), de outro jeito, sua mãe teria lhe dado a luz aos 6 anos de idade. Isso pode ter sido um erro de produção, ou possivelmente a licença das armas é falsa, assim, Locke porta armas ilegalmente.
  • John está careca na foto da carteira de motorista, mas nesse ponto de sua vida ele ainda tinha cabelo, (ou mais do que na foto). Isso pode ter sido um erro de produção, ou o personagem pode ter raspado o cabelo antes de tirar a foto. Alternativamente, John pode ter atualizado sua foto da carteira, uma coisa normal quando se muda muito de aparência.
  • Na licença das armas, seu endereço é 25164 Franklin St, San Francisco 94099; sua altura é 5' 10"; seu peso 175 lbs.; seu número social de segurança é 553-45-2651; e seu número de conta de emprego da Califórnia é 625-4412-9.
  • O relatório mostra três armas de mão, cinco armas de fogo (3+5=8), e quatro rifles.

A análise de sua proibição de seguro-saúde no episódio "The Man from Tallahassee" mostra:

  • O endereço de John como 168 San Juan St #201, Tustin, CA 92780.
  • Também mostra que John foi uma vez dono de um negócio de "venda de telefones". Entretanto, se contradiz ao mostrar parceiros e ao mesmo tempo indicar um negócio individual.

Referência ao filósofo John LockeEditar

Veja artigo principal Filosofia.

Referência ao filósofo Jeremy Bentham Editar

Veja também artigo principal Filosofia.

Jeremy Bentham (15 de fevereiro de 1748 – 6 de junho de 1832) foi um filósofo , economista e jurista inglês. Juntamente com John Stuart Mill e James Mill, difundiu o utilitarismo, teoria ética que responde todas as questões acerca do que fazer, do que admirar e de como viver, em termos da maximização da utilidade e da felicidade.Conhecido também pela idealização do pan-optismo, que corresponde à observação total, a tomada integral por parte do poder disciplinador da vida de um indivíduo.

Bentham também era conhecido para a sua oposição franca ao discurso revolucionário francês do Direito Natural, uma idéia patrocinada pelo filósofo John Locke (cujo pai, também chamado John Locke, trabalhou para Jeremy Bentham).Ele também sugeriu um procedimento para estimar a posição moral de qualquer ação. As ações "boas" seriam aquelas que produzem um montante maior de prazer físico ou espiritual, e o montante mínimo da dor; e "más" como aquelas que produzem a maior parte de dor sem o prazer.

A respeito dessas questões é de particular importância a análise de Bentham dos motivos que levam o homem a agir de certa forma e não de outra. Esse motivos devem ser chamados “bons” na medida em que possam conduzir harmonia entre os interesses individuais e os interesses dos outros, enquanto que “maus” seriam todos aqueles motivos que contrariassem esse objetivo de equilíbrio entre os homens. Entre os motivos bons, o que mais certamente conduz, segundo Bentham, à promoção do princípio de utilidade é a benevolência ou boa vontade. Em seguida, viriam a necessidade de estima dos outros, o desejo de receber amor, a religião e os instintos de autopreservação, de satisfação, de privilégio e de poder.

Bentham também argumentou que a capacidade de sofrer, não a capacidade de raciocinar, deve ser a marca de referência de como tratamos outros seres. Ele afirmou que se a capacidade de raciocinar fosse o critério, muitos seres humanos, inclusive bebês e pessoas incapacitadas, teriam de ser tratados como se fossem coisas, e não seres.

Bentham não ficou apenas na análise teórica dessas idéias sobre o homem como ser moral e social. Procurou suas possíveis aplicações práticas, dedicando-se, sobretudo, à reforma da legislação de acordo com princípios humanos, à codificação das leis a fim de que pudessem ser compreendidas por qualquer pessoa, ao aperfeiçoamento do sistema penitenciário e ao desenvolvimento do regime democrático através da introdução do sufrágio universal.

Em 1789, concebeu o pan-óptico, que foi desenvolvido como um projeto de prisão modelo para a reforma dos encarcerados. Mas, por vontade expressa do autor, foi também um plano exemplo para todas as instituições educacionais, de assistência e de trabalho, uma solução econômica para os problemas do encerramento e o esboço de uma sociedade racional. O conceito do desenho permite a um vigilante observar todos os prisioneiros sem que estes possam saber se estão ou não sendo observados. De acordo com o design de Bentham, este seria um design mais barato que o das prisões de sua época, já que requer menos empregados.

O nome aplica-se também a uma torre de observação localizada no pátio central de uma prisão, manicômio, escola, hospital ou fábrica. Aquele que estivesse sobre esta torre poderia observar todos os presos da cadeia (ou os funcionários, loucos, estudantes, etc), tendo-os sob seu controle.

Bentham foi quem primeiro utilizou o termo deontologia ('deon', dever + 'logos', ciência) para definir o conjunto de princípios éticos aplicados às atividades profissionais.

Elenco adicionalEditar

Perguntas não respondidasEditar

  • O que aconteceu com Locke quando o monstro da fumaça preta foi ao encontro dele e logo após ele aparece com um javali morto para alimentar os sobreviventes ? ("Walkabout")

Resposta: O monstro "olhou" dentro dele e, provavelmente, foi nesse instante que o escolheu para usá-lo, na 6ª temporada da série, como hospedeiro.

Resposta:Provavelmente ela queria ter o corpo do Locke morto para roubar sua aparência e manipular os sobreviventes. ("Walkabout")  ("Exodus: Parte 1")

Rede da Wikia

Wiki Aleatória